Intercâmbio com aula de inglês e futebol na Inglaterra

Para os VIAJANTES do país do futebol que querem viajar e ainda praticar um esporte fora do país, o intercâmbio oferecido pela TAM Viagens é uma ótima opção.

O projeto lançado é chamado de UK Football & English Experience. O roteiro foi desenvolvido em parceria com o clube de futebol Bolton Wanderers, que disputa a principal liga nacional inglesa, a Premier League. Ele consiste em um intercâmbio de 15 dias na Inglaterra e suas atividades alternam aulas de inglês com treinamentos e experiências relacionadas ao futebol profissional do país. Continuar lendo

Além das terras brasileiras

Faça intercâmbio e mude sua forma de enxergar o mundo!

Fazer um intercâmbio é muito enriquecidor tanto para vida pessoal como profissional! A vontade de passar por essa experiência surge por vários motivos. A necessidade de adquirir um novo idioma e se especializar na área que deseja trabalhar são alguns deles, além de conhecer um lugar novo e realizar sonhos. Mas, junto com essa vontade, vem uma avalanche de dúvidas causadas pela quantidade de opções de destinos.

Na hora de escolher onde ir é preciso fazer uma ampla pesquisa para não correr o risco de não gostar do lugar que você passará alguns meses e, também, para não deixar de aproveitar ao máximo esse investimento. E, para tornar a vida do futuro intercambista mais fácil, nós vamos relacionar algumas informações sobre destinos que amigos tiveram a oportunidade de conhecer e seus depoimentosContinuar lendo

O que a Luiza foi fazer no Canadá?

É a pergunta do momento!

Assim como milhões de brasileiros, a Luíza, que virou hit na internet depois que esse comercial foi divulgado, foi ao Canadá realizar uma viagem de intercâmbio. E já que o assunto é esse, vamos falar um pouco sobre intercâmbio no Canadá.

O Canadá, país da América do Norte, é o mais procurado por estudantes interessados em realizar intercâmbio. Isso porque oferece os mesmos cursos de escolas localizadas nos Estados Unidos por um custo bem mais reduzido. A ausência de sotaques entre as regiões do país também um fator importante, que faz com que seja considerado um dos melhores destinos para aprender o idioma inglês. Além disso, o Canadá oferece a oportunidade de aprender dois idiomas distintos: o inglês e o francês, oficialmente falados no país.

 Muitos estudantes, após realizar o intercâmbio acabam decidindo por ficar no país. Não é a toa, já que a qualidade de vida do país é uma das melhores do mundo. De acordo com o Ranking Global de Habitação (Global Liveability Ranking) três cidades do país estão entre as cinco melhores para se viver.

Vistos:
Para ingressar no Canadá é necessário passaporte e visto válidos. Os valores e documentação para retirada do visto dependem do tempo de permanência no país: até 6 meses – taxa consular: R$ 130,00; acima de 6 meses – taxa consular R$ 230,00 (valores aproximados).
Para entregar o pedido, é preciso agendar ligando entre 11:00h e 12:30h, para (11) 5509-4343 Ramal 3410.
Após a entrega do pedido, o processamento de visto para estudante costuma levar em torno de 14 dias.

Passagem aérea:
A passagem via Montreal e Toronto custa em torno de US$ 860 / US$ 880, saindo de são Paulo. A passagem para estudante [sem muita diferença] sai por, aproximadamente US$ 827. Via Vancouver ou Calgary o valor é um pouco mais alto, sendo a passagem para estudante US$ 940.
As principais companhias a voar nesse trecho são American Air Lines, Continental, Delta e Air Canadá. Porém, para voar as companhias americanas é necessário visto americano.

Hospedagem:
Há diversas opções de hospedagem para o estudante. Muitos saem do país com o primeiro mês reservado em uma casa de família, mas, após adaptar-se muitos acabam migrando para uma residência estudantil ou alugando um imóvel.
As casas de família (homestay) costumam oferecer um valor de hospedagem mais barato, porém, impõe uma séria de limites e regras, tais como, horários de chegada e saída, horários para refeições, além da necessidade de se adaptar ao estilo de vida da família.
Já nas residências estudantis, há um pouco mais de liberdade, além da possibilidade de contato com pessoas de diferentes nacionalidades. Mas é preciso cuidado para não acabar praticando mais o português do que o idioma local, por relacionar-se mais outros brasileiros.
Para escolher o melhor local, fale com a agência de intercâmbio que contratar.
Para quem não se identifica nem com um nem com outro ainda há a possibilidade de reservar uma cama em um albergue, um quarto em um hotel ou, ainda, juntar uma galera e alugar um apartamento.
Para isso eu indico o site de albergues internacionais Hostelling International, também conhecido como Albergue da Juventude. Tem uns tão bacanas que parecem hotéis.

Estudo:
O jovem em intercâmbio pode optar por apenas estudar ou estudar e trabalhar. Mas, lembrando, para conseguir o visto de estudante é obrigatório apresentar matrícula em algum curso no país.
Para escolher o melhor curso para você, o ideal é escolher uma agência de intercâmbio qualificada. Existem cursos que duram de uma semana até 4 anos.
Os preços variam bastante de acordo com a escola, a localização, o tipo de idioma, a idade e o nível do estudante.

Se você pretende fazer um intercâmbio para o Canadá, assim como a Luíza, você precisa desembolsar a quantia aproximada de US$ 3.000 para a aquisição do pacote de um mês. Incluindo: documentação [visto], passagem, curso, hospedagem e seguro. Não se esqueça dos gastos adicionais!

Esperamos que estejam curtindo nosso blog, INCLUSIVE a Luíza que já voltou do Canadá. Aproveite para dar uma passadinha na nossa Fan Page e Curtir. 😉
Ah, compartilhe essas dicas clicando no Curtir aqui embaixo.