O lugar que desafia a Lei da Gravidade

 

Mystery Spot é um atrativo turístico da cidade de Santa Cruz, Califórnia. Não se trata de uma grande montanha russa ou qualquer outra atração de um parque de diversões. O Mystery Spot é uma área circular, de 46 metros de diâmetro localizada no Parque Nacional de Redwood.

Neste local, coisas estranhas acontecem: pessoas que encolhem, água que escorre para cima, bolas que rolam para o alto, desafiando a Lei da Gravidade.

Há quem diga que tudo não passa de truques utilizando metais ou efeitos de ilusão de ótica. O que o Viagem na Lata indica é que você inclua este destino em sua lista e comprove por você mesmo.

Veja as fotos e assista ao vídeo  (em inglês):

Mistery Spot Continuar lendo

Anúncios

Celulares podem derrubar aviões? Verdade ou Mentira?

No dia 1º de abril, Dia Mundial da Mentira, dia em que ninguém sabe quem fala a verdade e quem conta uma mentira, o Viagem na Lata traz um assunto que divide opiniões: “O uso de aparelhos celulares pode derrubar um avião?” Verdade ou Mentira? 

celular aviãoO uso de celulares em aviões sempre foi uma prática proibida. Acredita-se que as ondas eletromagnéticas transmitidas por esses aparelhos possam causar interferência nos sistemas de navegação da aeronave. Como quando aproximamos o aparelho celular de TVs, rádios e computadores e esses sofrem interferência quando o aparelho toca ou recebe uma mensagem.

Diversos especialistas e estudiosos afirmam que o uso dos aparelhos são um grande risco durante a navegação, contudo não há qualquer informação oficial que associe o uso de celulares à acidentes aéreos.

Uma matéria do Blog do The New York Times traz diversas evidências que reforçam a teoria de que o uso de aparelhos celulares não interfere Continuar lendo

Como usar as milhas do cartão de crédito para adquirir passagens aéreas

Milhas de Cartões de CréditoMuitos viajantes nos questionam sobre “Como usar as milhas do cartão de crédito para adquirir passagens aéreas“. Para auxiliá-los preparamos um post especial.

A maioria das companhias aéreas possuem programas de milhagem/fidelidade, onde você acumula pontos a cada viagem realizada, e depois pode trocar esses pontos por novas passagens aéreas.

Aqueles que não costumam viajar com tanta frequência para acumular os pontos necessários podem, também, fazer uso das milhas oferecidas pelas bandeiras de cartões de crédito. Como funciona? Os gastos realizados com seu cartão de crédito são convertidos em milhas que podem ser trocadas por passagens de diversas companhias aéreas.

Confira o passo a passo para conseguir passagens aéreas de graça usando as milhas do cartão de crédito: Continuar lendo

Rio Wonders: O Rio na palma da mão

Aplicativo oferece 10 canais de informações sobre o Rio de Janeiro

A Secretaria de Turismo do Rio de Janeiro, em parceria com a agência Scalla Comunicação, lançou um aplicativo que promete colocar o Rio de Janeiro nas palmas das mãos do viajante.

Rio Wonders - Itunes

O aplicativo, chamado, Rio Wonders, oferece 10 canais de informações turísticas sobre o Rio de Janeiro: Conheça o Rio, Passeios, Hospedagem, Gastronomia, Entretenimento, Compras, Cultura, Serviços, Eventos e Arredores. Continuar lendo

Gol passa a cobrar pelo lanche a bordo

Companhia deixa de oferecer serviço de bordo gratuito

Há algum tempo, passageiros que voam com a Gol têm observado que em um ou outro voo, a companhia tem passado a cobrar pelos lanches oferecidos a bordo. Muitos questionavam se esse seria o novo modelo de operação da companhia, que sempre negava tal informação.

Serviço de bordo GolSegundo a Gol, nos voos em que o serviço de bordo era cobrado, sempre havia uma opção gratuita para o passageiro. Porém, na última semana, a companhia afirmou que essa gratuidade foi suspensa: “A GOL informa que desde o dia 16 de março suspendeu o  serviço de bordo gratuito nos voos que oferecem a opção de serviço de bordo pago. O novo sistema vem em linha com o plano de negócios da GOL e é amplamente utilizado em companhias americanas e europeias. Hoje, cerca de 180 voos da companhia possuem o serviço de bordo pago. O projeto esta em plena expansão e prevê, até o final deste semestre, a implantação na maior parte das rotas com duração acima de 1h15 de voo. O serviço de venda a bordo foi implantado pela GOL de forma pioneira em 2009″.

Este modelo, chamado BOB (by on board), é bastante comum nas companhias low fare/low coast (baixa tarifa/baixo custo), que oferecem preços especiais para os bilhetes aéreos e cobram pelos serviços adicionais. A Webjet – companhia adquirida pela Gol em 2011 -,  já pratica esse modelo de serviço de bordo pago. Continuar lendo

KLM Meet & Seat

Escolha quem senta ao seu lado pelo perfil das redes sociais!

Em dezembro do ano passado, falamos aqui sobre o novo serviço que estava sendo projetado pela KLM: uma forma de localizar outros passageiros nos voos da companhia, pelo perfil das redes sociais.

O Meet & Seat (Conheça e sente) foi lançado no início do mês e já está disponível para voos entre Amsterdã e Nova Iorque, São Francisco e São Paulo.  O sistema facilita o contato entre viajantes que tenham as mesmas preferências ou interesses, tornando a viagem mais agradável e inspiradora. Por meio da ferramenta, os passageiros poderão saber se alguém conhecido estará no mesmo voo, se outro passageiro irá para o mesmo evento ou conferência, fazer novos contatos de negócios, combinar para dividir um táxi, etc.

Para utilizá-lo, após comprar sua passagem, basta acessar o site da companhia, em “Gerenciar minha reserva”. Na guia para escolha do assento, basta realizar o login com a conta do Facebook ou Linkedin. Pronto! O sistema exibirá os perfis dos demais passageiros que compartilharam seus dados. Você pode escolher, através do perfil, ao lado de quem deseja sentar. Continuar lendo

Vôos de Luxo

Primeira Classe de algumas companhias e suas regalias.

Sabemos que a primeira classe é o sonho de muitos viajantes. Garanto que quando estamos fazendo a programação da nossa viagem, logo nos imaginamos em uma poltrona reclinável, TV individual, champagne e muito luxo com conforto. Tratamento totalmente VIP!

Vamos falar um pouco dos serviços ofertados pela TAm, Air France e American Airlines nessa Classe tão sonhada, que oferece desde um menu requintado até pijamas e chinelos.

A TAM é uma das companhias mais conhecidas, e oferece para seus passageiros poltronas que reclinam 180º e como entretenimento são 20 canais de filmes, sete de variedades e 11 de músicas em um monitor individual. Os comes e bebes ficam por conta dos chefs Sergio e Javier Torres. A bordo o viajante tem direito a pijamas, chinelos e amenities da marca grega Korres, no aeroporto tem um check-in exclusivo, sala vip, além de telefone celular gratuito no país de destino e traslados para o hotel.

Já as poltronas da Air France são massageadoras e também reclinam 180º, sem contar que a cia oferece uma cabine especial para troca de roupas. As TVs individuais oferecem 85 filmes em nove idiomas, noticiários, desenhos, 25 canais de músicas e 200 CDs. Há mais de 10 horas de refeições em um bufê no vôo. Também fornecem pijamas, pantufas, kit com produtos Clarin, travesseiro e edredon de penas. Sem contar que na sala VIP do aeroporto em Paris tem restaurante e centro de relaxamento.

Além da poltrona que reclina 180º, que todas as outras também oferecem, na American Airlines são giratórias e possuem divisórias entre elas. Os monitores são touch screen com 47 filmes, 75 horas de programas de televisão e 30 CDs de músicas. Os menus são elaborados de acordo com o destino da viagem e a carta de vinhos tem ótimas opções europeias. Como amenities são oferecidos edredons e travesseiros de plumas, junto com uma nécessaire com kit de higiene pessoal. Nos aeroportos o check-in também é exclusivo e é oferecido um bufê na sala vip. Em algumas cidades as salas vip têm serviço de duchas.

Garanto que agora muitos ficaram com um pouquinho de curiosidade para saber o valor de uma passagem com todos esses serviços especiais. Com a TAM a passagem São Paulo – Buenos Aires custa aproximadamente US$ 1.300, a Air France cobra no trecho São Paulo – Paris US$ 13.000 e a American Airlines US$ 4.200 no destino São Paulo – Miami.

Realmente, a primeira classe não é para todo mundo. Mas um dia quem sabe podemos desfrutar de todo esse luxo aéreo.

Isenção de visto americano cada vez mais perto

Novas medidas facilitarão a ida de brasileiros para os Estados Unidos

Barack Obama, presidente norte-americano, anunciou ontem (19) que os Estados Unidos estão trabalhando em um projeto piloto que fará com que o Brasil e a China os tornem o maior destino de turismo do mundo. Este projeto visa melhorar e agilizar os processos de vistos para determinados tipos de viajantes.

O Castelo da Cinderela que fica no Magic Kingdom, parque de diversões da Disney, foi usado como cenário para o anúncio da ótima notícia para nós, brasileiros. Obama, bem humorado, antes de seu pronunciamento disse “Eu confesso que estou bem empolgado em ver o Mickey. É sempre bom encontrar um líder mundial com orelhas maiores que as minhas”. Após a piada, ele explicou que pretende acelerar em 40% a capacidade de emissão de vistos.

Quando a nova medida entrar em ação, estrangeiros não precisarão de entrevistas para renovar seus vistos, o que gerará mais economia no processo, e, com isso, haverá mais recursos para entrevistas com novos viajantes. Há, também, a promessa de que o processo para turistas considerados de “baixo risco” seja agilizado, da mesma forma para os viajantes com visto expirado.

No ano passado, foram emitidos 900 mil vistos para brasileiros e a pretensão até 2016 é de que esse número aumentará, aproximadamente, 3 vezes.

Isso já foi um passo para alcançarmos a tão desejada isenção de vistos para os turistas brasileiros. Os profissionais do turismo sonham com o dia em que isso ocorrerá, e, como sabemos que ficando de braços cruzados nada acontecerá, a BRAZTOA (Associação Brasileira das Operadoras de Viagens) iniciou em março de 2011 a campanha VISA WAIVER NOW.

Essa iniciativa é para sensibilizar as autoridades dos EUA e do Brasil, para que nosso país possa fazer parte do VISA WAIVER PROGRAM (VWP) – programa criado pelo governo norte-americano com o intuito de permitir que cidadãos de alguns países específicos possam viajar para os Estados Unidos a negócios ou turismo por até 90 dias sem a necessidade de visto.

Nós do VIAGEM NA LATA, apoiamos essa iniciativa e colocamos em nosso blog, o banner da campanha para que vocês, viajantes e leitores, possam clicar e acessar o hot site do programa para assinar o abaixo assinado e juntos conquistarmos esse benefício que trará vantagens para todos.

O que é TAX Free?

.

Todo Brasileiro que se preza, ao viajar, enche as malas de compras e traz para o Brasil. E o mais importante é saber que nas compras feitas fora do Brasil, eles têm direito ao TAX Free, que é a devolução parcial dos impostos embutidos nos valores dos produtos.

A adesão ao programa de reembolso é opcional ao lojista, porém, é vantajoso por atrair compradores estrangeiros. As lojas que participam do programa, normalmente, utilizam um adesivo identificando fornecer tal vantagem para seus clientes.

O percentual de reembolso varia de país para país e equivale a uma média de 10% a 20% produto comprado.

Para garantir o reembolso é necessário solicitar, nas lojas participantes, um formulário e, com o passaporte em mãos, preencher todas as informações. Guarde junto com todos os recibos de compras e, após ter realizado o check-in de retorno ao Brasil junto a companhia aérea, apresente o formulário e os comprovantes de compra para o agente da alfândega. Depois de ter a papelada aprovada e carimbada, vá até um posto de reembolso que, geralmente, fica localizado nos terminais internacionais. Você pode escolher se deseja receber o dinheiro na hora ou no cartão de crédito.

Lembre-se que a alfândega pode pedir para verificar a mercadoria comprada. Nesses casos, se tiver despachado o produto junto com a bagagem no check-in, perderá o direito ao reembolso. Portanto, se possível, leve as compras na bagagem de mão.

A maior reclamação desse programa é que a demora para o reembolso é muito grande, porque as filas são demoradas. Muitas pessoas desistem para não perder o vôo de retorno. Mas, para receber de volta até ¼ do valor dos produtos comprados, vale a pena chegar com antecedência no aeroporto.